Menu Fechar

História

A fundação do Centro Social reporta-se ao ano de 2001, quando um grupo de pessoas da freguesia e alguns membros da Comissão de Fabrica de Oldrões sentiram a necessidade de criar um Centro Social, com a finalidade de ajudar as famílias mais carenciadas da freguesia, principalmente nos cuidados com idosos e crianças.

Depois de terem reunido com o Concelho Económico, que apoiou a sugestão, constituiu-se uma Comissão Instaladora para a criação do Centro Social. A primeira preocupação foi a elaboração dos Estatutos. A aprovação dos Estatutos e a Ereção Canónica da Instituição foi aprovada a 27 de Setembro de 2001 pela Cúria Diocesana na pessoa de D. Armindo Lopes Coelho, Bispo do Porto.

Procedeu-se então ao registo da Instituição como Instituição Particular de Solidariedade Social (IPSS). A 5 de Março de 2002 foi dado o despacho pelo Diretor do Centro Regional de Segurança Social do Porto, que lhe atribuiu a qualidade de pessoa coletiva de utilidade pública.

A etapa seguinte foi adquirir as instalações para por em funcionamento as valências de ATL, Centro de Dia, Centro de Convívio e Serviço de Apoio Domiciliário.

Em Junho de 2002 inicia-se a atividade do ATL, no Salão Paroquial da Freguesia, instalações essas cedidas pela Comissão de Fábrica da Paróquia de Oldrões, prestando apoio a 40 crianças da freguesia e das freguesias limítrofes.

Em Dezembro de 2002 iniciam-se as atividades do Centro de Convívio, Centro de Dia e Serviço de Apoio Domiciliário, na residência Paroquial, instalações igualmente cedidas pela Comissão de Fábrica da Paróquia de Oldrões.

No ano de 2003 iniciou-se a Formação Profissional, oferecendo à população cursos de Educação e Formação de Adultos, nas áreas de: Práticas Administrativas; Serviço de Mesa; Cursos de Reciclagem, Atualização e Aperfeiçoamento, entre outros, que se seguiram até aos dias de hoje.

No ano de 2006 a Instituição adquiriu um terreno com o objetivo de construir um edifício de raiz, situado na Rua Nova do Outeiro, na freguesia de Oldrões, concelho de Penafiel. Procedeu-se, em Maio do mesmo ano, a uma candidatura ao abrigo do programa PARES - Programa de Alargamento da Rede de Equipamentos Sociais, financiado pelo Ministério do Trabalho e da Solidariedade Social, com o objetivo de financiamento parcial do referido edifício. A candidatura obteve parecer positivo em Outubro de 2006.

O lançamento da primeira pedra realizou-se a 25 de Novembro de 2007 iniciando-se as obras de construção em Junho de 2008.

A 6 de Março de 2011 realizou-se a cerimónia de bênção do edifício e em Setembro do mesmo ano entrou em funcionamento.

O Edifício tem capacidade para 130 utentes distribuídos pelas respostas sociais de Creche, Centro de Dia, Serviço de Apoio Domiciliário e Lar.

Em maio de 2012 assinou-se o Acordo de Cooperação com o Centro Distrital de Segurança Social do Porto, mantendo o acordo de 12 utentes para Centro de Convívio, aumentando a capacidade para 40 utentes em Centro de Dia, 40 utentes em Serviço de Apoio Domiciliário, e novo acordo para a resposta social de Lar de Idosos para 14 utentes e Creche para 33 bebés/ crianças.

Este projeto social veio colmatar o grave problema das instalações e veio corresponder às necessidades e interesses que a população tinha vindo a demonstrar.

Atualmente esta instituição acolhe cerca de 130 utentes, cumprindo os objetivos definidos nos estatutos: promoção e entreajuda de todos os habitantes da freguesia e das regiões limítrofes, mas preocupando-se de modo especial com as pessoas mais carenciadas.